domingo, 31 de outubro de 2010

como contar a história do candidato




Eu venho de uma longa linhagem de lenhadores - começa o vídeo enquanto o candidato sobe para o tronco de uma árvore já sem ramos e começa a balançar o machado. - Sempre fui rápido a tirar um grande pedaço de madeira, e estou preparado para cortar a despesa excessiva que há em Washington. - E Sean Duffy conclui: - "I'll bring the axe to Washington", Vou trazer o machado para Washington. (NY Times)

Sean Duffy é o candidato republicano ao Congresso pelo 7º distrito do Estado do Wisconsin. O Wisconsin tinha uma tradição republicana enraizada, mas nos últimos 18 anos votou maioritariamente democrata. Sean Duffy pode ajudar o Partido Republicano (GOP) a recuperar o Wisconsin, tal como se prevê nas próximas eleições.

Duas características das campanhas eleitorais é que deve apresentar a história do candidato de forma coerente, por um lado, e conectar emocionalmente com os valores do eleitorado, pelo mesmo lado. Só assim é que se ganha a atenção das pessoas, e a partir daí podem-se apresentar as propostas políticas, que então talvez sejam ouvidas.

Este candidato conseguiu apresentar a sua história - é lenhador a advogado, filho de lenhadores, e orgulha-se das suas origens. Ele veste uma camisa de flanela aos quadrados e usa o machado, incorporando completamente o seu personagem, o que lhe dá autenticidade e credibilidade. Só usa o fato e a gravata quando é preciso, e não quer parecer ser aquilo que não é.

Conectou emocionalmente com os valores culturais e políticos do eleitorado - o Wisconsin é terra de lenhadores como ele, profissão respeitável e cheia de influência no vocabulário do dia-a-dia e nos jogos tradicionais. Para além disso, o Wisconsin era como vimos um bastião republicano à espera de ser novamente seduzido pelos republicanos da terra. Sean Duffy é católico e uma das figuras que representa o movimento dos católicos americanos mais jovens que se deslocaram cerca de 15% da esquerda para a direita desde a eleição de Obama até hoje, quando os republicanos levam perto de 6% de vantagem entre os crentes desta religião.

Finalmente, Duffy apresentou propostas e apostou na Internet para espalhar melhor a sua mensagem através de vídeos originais. Até à semana passada, ele tinha 6 vezes mais vídeos no seu canal de Youtube que a candidata democrata, Julie Lassa, talvez adormecida pelos 18 anos de poder do seu partido. Os eleitores gostam que os políticos façam tudo o que puderem pelo seu voto, e por isso a dinâmica numa campanha é crucial. "I'll bring the axe to Washington" é um bom slogan porque faz 3 em 1: fala da história do candidato, conecta com os valores do eleitorado, e dá uma direcção política à mensagem. Este slogan é um grande sound bite, porque tem bom som e morde, isto é, a sua representatividade, originalidade e música faz com que estas palavras sejam repetidas pelas pessoas na rua e em suas casa. Um óptimo indicador que a campanha está a correr bem é quando as pessoas usam as nossas palavras e as tornam suas também. Melhor ainda é quando o adversário não consegue competir com a efectividade das nossas palavras. Por isso é que este é mais que um simples slogan de candidatura; tornou-se o mantra de toda a campanha.

Podemos acompanhar a recta final da campanha de Sean Duffy através de várias plataformas da Internet: no site oficial, no dos voluntários da sua campanha, no facebook, twitter, Youtube... e todos estes canais são apenas o mínimo que qualquer campanha eleitoral moderna deve contemplar na sua estratégia. Sim, estratégia. Porque sem uma estratégia fundamentada, nada feito. Mas disso falaremos melhor depois, noutro postal.

3 comentários:

Sinais no Mundo... disse...

Passei neste rico e acolhedor espaço deixando-vos a Paz de Cristo e Maria...

Convido-vos a conhecer Chiara Luce e o seu Sim incondicional a Deus!

Sinais no Mundo... disse...

Um Santo Advento na Paz de Jesus , Maria e José...

Que nos reencontremos na Gruta de Belém!

Sinais no Mundo... disse...

Um Santo e Feliz Natal pedindo ao Deus Menino Amor, Paz,Saúde e Pão para Todos os seus filhos Queridos...

Que o Ano de 2011 vos traga as maiores Bênçãos e Graças para O anunciarmos a todos aqueles que de nós precisam....